TRADUTOR DE IDIOMAS

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Leia agora o comentário mais recente do Blog Diário da Mãe de um Anjo.

segunda-feira, 11 de março de 2013

PORQUE EU?



Por 03 vezes em minha vida me perguntei porque eu? Quando tive câncer de mama pela primeira vez em 2001 , quando estava no auge de minha carreira profissional e meu filho tinha 05 anos, que precisei fazer mastectomia radical a direita e retirar os ovários sem ter a chance de ter outros filhos, sentei no banheiro e chorei e me perguntei pela primeira vez: Por que eu? Logo depois pedi perdão a Deus e reconheci que eu não era melhor do que ninguém e por mais 07 anos nunca mais me fiz esta pergunta. Até que em 2009 perdi a grande razão de minha vida, a minha maior alegria, meu único filho, que era meu melhor amigo, meu companheiro, e mais uma vez me perguntei , porque eu? Eu achava que Deus tinha sido bom comigo quando levou minha melhor amiga que foi minha mãe quando eu estava com dois meses de grávida, mas Ele tinha deixado meu filho para poder me ajudar a passar por esta grande dor da perda de minha mãe, e agora, Porque eu tinha que estar passando por isto novamente? Como seria minha vida de agora em diante sem meu filho? Meus Deus quanto sofrimento, me perguntei várias vezes porque eu, mas depois fui percebendo que milhares de mães perderam seus filhos e sofrem como eu, e mais uma vez fui a luta para superar a dor da perda de meu único filho, e a terceira vez que me perguntei porque eu foi em 2011, quando o câncer voltou nos ossos, e como sofri com todo o tratamento que tive que fazer, como a radioterapia queimou todo meu esôfago, fiquei 40 dias internada entre a vida e a morte em um hospital e mais uma vez achei que Deus tinha me abandonado, esquecido de mim, e mais uma vez eu superei este sofrimento, e hoje em 2013 não me pergunto mais porque eu, simplesmente aceito tudo o que Deus preparar para mim, aprendi que não somos melhores do que ninguém, que o sofrimento faz parte de milhões de pessoas, e não se trata apenas de mim, mas sim de quase todas as pessoas da população do mundo, devemos apenas  crescer espiritualmente com o sofrimento e passar por ele com dignidade e fé.

5 comentários:

Lígia de Aquino disse...

É amiga, são pessoas como você que fazem caminhar. Perdi meu anjo em 2011, nove meses depois engravidei e o ARTHUR é DOWN... Há coisas na vida que não se explica, devemos apenas viver e tirar uma lição para nosso crescimento espiritual.
Beijos querida, fique na paz.

Anônimo disse...

Ouvi que Deus nunca dá uma cruz maior do que podemos carregar. Então, você é uma pessoa muito forte, corajosa e vitoriosa. Vamos vivendo, com as adversidades e o que mais vier pela frente. Aproveitando tudo o que Deus nos da de bom, cada minuto, cada segundo. A vida é breve, mas o amor dura para sempre em nossos corações.
Muita vida e muita luz!!! Você é muito especial!!!
Cristiane G.
Campo Grande MS

Eveline Carvalho disse...

Amiga Ivonete, você é linda e grande! Obrigada por tantos ensinamentos. Hoje, é dia difícil, 11 meses sem o meu amado Iel!

www.ielnossoanjo.blogspot.com.br

Alessandra Pereira disse...

te adimiro muito, com seus ensinamentos creio q um dia terei a força q vc tem e q sempre passa pra gente. Vc merece td de bom. a sua fé é uma motivaçao muito grande pra mim, qdo penso q estou caindo, ligo o computador e entro aqui no seu blog. Pois tbm sei da dor da perda, minha unica filhinha amada, sinto muita falta dela.

Fahime disse...

Nossa que força... nossa vc é guerreira... é admiravel a sua garra... desejo tudo de bom... para vc!

Postar um comentário