TRADUTOR DE IDIOMAS

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Leia agora o comentário mais recente do Blog Diário da Mãe de um Anjo.

terça-feira, 27 de abril de 2010

O QUE EU APRENDI NESTE 01 ANO E 01 MÊS QUE MEU FILHO PARTIU




Eu aprendi que devemos amar a cada minuto como se fosse o último, a viver como se não houvesse amanhã, a dar um beijo sempre pensando que pode ser o último, um abraço forte como se não fosse nunca mais abraçar aquela pessoa, aprendi que qualquer problema é pequeno demais perante a morte que só podemos aceitá-la, não tem como reverter. Aprendi que não estava preparada para viver sem meu filho, que ainda não sei como recomeçar, que a vida é feita de momentos, que não existe o futuro, que não vale a pena sofrer pelo passado, viver muito, fazendo outras pessoas felizes, mas querendo ser feliz também. Aprendi que a morte é um mistério e ninguém nunca a desvendou, aprendi que minha única força vem de Deus, que as coisas materiais não valem nada, que um coração cheio de amor é a única coisa que vale para conseguirmos sentir orgulho de nós mesmos, que o perdão é o mais difícil e o mais maravilhoso sentimento que existe nesta terra, aprendi que existem milhões de pessoas sofrendo a perda de alguém que amava e que apesar de sabermos que a morte é um fato, ninguém a aceita de maneira natural, aprendi que nós devemos ter sempre palavras doces, atitudes humildes, que ninguém é melhor do que ninguém e ninguém é mais poderoso do que Deus, aprendi que ainda não sei como parar de chorar, que o sofrimento nos mata ou nos faz crescer, que aceitar a vontade de Deus de levar o meu maior tesouro nesta terra, foi minha mais poderosa resignação aos pés de uma cruz, aprendi depois de 01 ano e 01 mês que ainda tenho sentimentos de revolta dentro de mim, que se misturam a minha grande fé e me faz ser uma pessoa triste. Perder meu único filho, me fez perder a mim mesma, minhas referências, minha identidade, sei que vou renascer, um dia, como virá esta nova mulher, ainda não sei, mas vou trazer junto desta nova mulher, mais força, mais coragem, e com esta nova mulher, nunca deixarei de trazer as lembranças mais lindas que já tive em minha vida, que foram ao lado do meu filhinho querido, nunca este grande amor sairá de dentro do meu coração, um dia, eu sairei da concha onde me encontro, do abismo, do poço escuro, tenho fé que verei uma luz, enquanto isto, vou tentando, vou tentando...

6 comentários:

*-*Noeli*-* disse...

Ivonete, Saudade é o Amor que fica!
Não tenha raiva da morte, é difícil aceitar, mas é a única certeza que temos nessa vida, uns vão mais cedo outros mais tarde, e seu anjinho com certeza foi um ser tão maravilhoso aqui que o Senhor tenha levado ele daqui desse mundo cheio de coisas ruins para uma nova terra e um novo céu,onde tudo é lindo, seguro sem maldade, onde é o lugar dos anjos, acalme seu coração e confie no Senhor que um dia vc terá um reencontro anjelical com seu Gabrielzinho.Um beijo e muito força e Paz!

Marly disse...

Ivonete, venho acompanhando seu sofrimento desse o inicio.E o que posso te dizer é que eu sofro junto com vc, que choro todas as vezes que leio sua mensagens.VC é uma gerreira,não sei se surpotaria tudo isto.Peço á Deus para te dar forças e vc conseguir seguir enfrente, Lá na frente alguém precisará de vc.Nada poderá te derrotar,pois Deus é a tua VITÒRIA

Anônimo disse...

Sei da sua dor, eu a sinto todos os dias, mas não aprendi o tanto quanto vc! Ainda não me resignei, ainda brigo com Deus e ainda choro muito, ainda não me conformei.
Vc ao menos escreve, e eu a leio todos os dias, minha amiga guerreira.
06 meses sem meu amor! Uma historia tão linda de vida que o dia que a coragem deixar lhe contarei, pois tenho o maior orgulho de Ivan Kimerling ter sido meu filho!
Beijos no seu coração
Sueli Agradano

Anônimo disse...

NOSSA IVONETE COMO TE ADMIRO PELA SUA CORAGEM E FORCA APESAR DE VC DIZER K AINDA NAUN SUPEROU, O K ACONTECEU TENHO UM FILHO DA MESMA IDADE DO SEU ANJINHO, CHORO TODAS AS VEZES K LEIO O K VC ESCREVE, PECO A DEUS TODOS OS DIAS PRA K ELE TE FORTALECA E FACA VC SUPERAR TUDO ISSO- BJO NO SEU CORACAO E TORCO POR VC- JA TE CONSIDERO UMA GDE AMIGA E SOU AKI DE PARANAVI - ROSE

IVONETE disse...

Obrigada Noeli pelas suas palavras, elas são verdadeiras e lindas, Marly, obrigada pela guerreira, mas guerreira somos todas nós amigas, que temos que ser mãe, esposa, mulher, profissional, tudo ao mesmo tempo, Sueli, assim que puder, me conte a história do seu anjo Ivan, se quiser pode homenageá-lo no blog,e você Rose de Paranavaí estarei aí em Julho e com certeza podemos nos conheçer ok
Abraços e muito obrigada a todos que me acompanham.
Beijos da Ivonete

Anônimo disse...

oi,,sou nova nessa dor,,tbm perdi minha filha de 21 anos ,foi inesparado jamais passou na minha cabeça q um dia ia perder um filho,qdo se esta doente ate esperamos,mais qdo é acidente ai nao,,a minha nao foi acidente ,,foi doença granulomatosa de wergner,nunca ouvi fala e a levou rapido,,nem ela sabia q ia tbm,,mais enfim estou hj recuparada,conformada,mais com muitas saudades dela,,ai vo seguindo minha filha,,sei que missao dela terminou dia 26/05,,saudades sempre,,tristeza nao bjs todas

Postar um comentário