TRADUTOR DE IDIOMAS

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Leia agora o comentário mais recente do Blog Diário da Mãe de um Anjo.

domingo, 1 de maio de 2011

DOIS BLOGS QUE PODEM AJUDAR MUITO A QUEM PERDEU UM ENTE QUERIDO

Amigos, sempre estou procurando algo que possa ajudar a cada um que passa por aqui em procura de conforto e um pouquinho de paz, já deixei em outras postagens nome de vários livros que podem ajudar, mas agora encontrei 02 blogs muito bom, tem muitas postagens que servem como exemplo de superação, também tem depoimentos maravilhosos e muitas entrevistas boas, vou deixar o endereço e espero que vocês gostem assim como eu gostei.


http://queroumcaminho.blogspot.com/ - de Patrícia Gimenes - Sua linda filha se chamava Carol, entrem, vale a pena mesmo.

http://amigossolidariosnoluto.blogspot.com -
O Grupo surgiu no dia 06 de outubro de 1998. Tudo começou com a Rosana Figurelli, que perdeu o filho Carlos, na época com 18 anos. Precisando de apoio, foi à procura deste trabalho voluntário, que ela já sabia existir no exterior, e percebeu que não havia nada parecido em Curitiba. Decidiu fundar o grupo e o dedicou a Nossa Senhora das Dores. Segundo ela as reuniões acontecem as Segundas-feiras na Universidade Federal do Paraná, na Praça Santos Andrade, 50 - das 14:30 às 17:00h, no 1o Andar na sala 118 - Zelinda de Bona é a coordenadora do grupo Amigos Solidários na Dor do Luto, com sede em Curitiba PR. Hoje a coordenadora é a Zelinda.
Em, 1994, o neto de Zelinda, Saulo Malucelli faleceu aos 14 anos, vítima de um acidente. A dor de ser privada da convivência de alguém tão querido só não foi maior do que o amor por si mesma e a necessidade de dar suporte à filha, mãe do menino. Ela conseguiu superar o luto sozinha, apoiada na fé e na própria experiência de vida. E é com essas ferramentas que ela coordena, há sete anos o grupo Amigos - Nas reuniões do grupo, abre-se espaço para ouvir desabafos, trocar experiências vividas no luto, tentando dar algum consolo ao sofrimento das pessoas que perderam um parente ou amigo. Compartilha-se assim apoio emocional com quem está sofrendo o sentimento da perda. Trata-se de um grupo Ecumênico que atende a todas as religiões.
Não há palestras, procura-se criar um ambiente informal e acolhedor, onde todos se sintam a vontade e possam externar e compartilhar seus sentimentos com sigilo absoluto, tornando assim a dor do luto amenizada

Parabenizo estas pessoas que também estão tentando ajudar outras com sua dor, é muito importante participar de um grupo de apoio, estou começando a pensar em amadurecer esta idéia e talvez fundar um grupo em Belém do Pará onde moro. Vou pensar um pouco mais sobre isto.
Abraços a todos

12 comentários:

Zelinda De Bona disse...

Obrigada, Ivonete pela força que esta dando ao nosso grupo, abrindo esse espaço no seu blog, para divulgar o nosso trabalho é muito gratificante.
É muito bom saber que em algum lugar existem pessoas que se importam e se preocupam em ajudar quem esta vivênciando essa dor tão profunda a dor do luto.
Em todas as partes do mundo essa dor é igual
doi e doiiiiiiiiiiii muitooooooo.
Com carinho Zelinda De Bona (coordenadora do Grupo Amigos Solidários na Dor do Luto)

Paty Michele disse...

São iniciativas maravilhosas mesmo. Caso saiba de algo do tipo em Salvador, compartilhe. Gostaria muito de levar minha mãe a um lugar assim.
abçs

Patricia disse...

Muito obrigada amiga, irmã na dor, Ivonete. O blog do seu lindo anjo também ajuda muito, é cativante. Passo um bom tempo aqui lendo sobre sua batalha. Só assim, dando as mãos, conseguimos sobreviver dia após dia, contando uma com a outra. É uma dor muito, muito horrível. Parece que é tão presente que a gente quer "coçar a alma com a unha" por dentro.
Deus te abençoe sempre
Patricia Gimenes

Anônimo disse...

Olá Ivonete!
Me chamo Karina, tenho 19 anos e perdi minha irmãzinha de apenas 4 anos dia 13/01/2011 vitima de um tumor no cerebro, como o seu filhinho lindo.
Uma menina muito especial, guerreira e inteligente para sua idade.
Ela venceu um câncer as 3 anos no olho, onde teve que tirar em uma cirurgia um de seus olhinhos verdes. Ela mesma sempre pedia muito a Deus para que ficasse curada. Depois de 6 mêses de sofrimento em Maio de 2010 minha irmã se deu como curada.
Em novembro de 2010 ela sentiu fortes dores de cabeça e ansia de vômito, levamos ela no hospital e foi descoberto outro tumor, desta vez avançado no cérebro.
Na penultima semana de dezembro fizemos um novo exame depois de algumas sessões de quimio, e deram um diagnostico milagroso de que o tumor havia diminuido muuito e que ela precisaria de apenas mais uma ou duas sessões para ficar boa.
Passamos o natal e ano novo super felizes.
Na segunda semana de janeiro de 2011 em uma segunda ela foi normalmente para o hospital, e ficou segunda e terça tendo convulsões, na quarta ela teve convulsões seguidas, ficou em coma e na madrugada de quinta-feira ela se foi.
Na minha casa tudo é vazio, tudo lembra ela, minha mãe mesmo forte vive a chorar, meu pai não entende o choro e não dá palavras de conforto, só diz que nós temos que continuar, e eu fico triste com a morte de minha irmã e melhor amiga, pela minha mãe triste chorando todos os dias, e ainda convivo com o descaso do meu pai, e com o sentimento de nunca mais poder ter e dar a minha mãe a plena felicidade que sempre sonhei.
Queria lhe pedir para colocar uma mensagem de dia das mães para mães que perderão um filho, pois esse é o primeiro dia de minha mãezinha sem a minha irmã.
Deixo meu e-mail para contato.
kariinafreitas@hotmail.com
Fique com Deus, e parabéns por sua força e exemplo.

lucia maria kratki disse...

OI Ivonete, sou Lucia e também perdi um filho em 2002 aos 19 anos com tumor cerebral!Foram 6 anos de muita batalha, e hoje após 8 anos a dor não diminuiu nem um pouco, ao contrario a saudade é insuportável! Cada dia que acordo, é um suplicio, apesar de ter mais 3 filhos e 3 netos, marido a solidão é cada dia mais presente nada preenche sua ausência! Apesar de que como você diz, eu acredito que ele está muito perto de mim. Obrigada por esse blog, é lindo e muito util pra nós mães de anjos! Beijos! Fique com Deus!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

IVONETE, BOM DIA MEU NOME É CRISTIANE E VENHO LHE DIZER QUE SOFRO PELA A MORTE DO MEU FILHO, O NOME DELE É BRUNO E MORREU DE UM CHOQUE LIGANDO O NOTBOOK FOI ELETROCUTADO.TINHA 16 ANOS ERA MUITO ESTUDIOSO E MUITO AMIGO MEU E DE TODOS QUE FAZIA PARTE DE SUA VIDA, MAIS EU NÃO PERDI SÓ O BRUNINHO EU PERDI O MEU MARIDO QUE NA DOR, NÃO PARA DE BEBE, E EU VIVO TRABALHANDO PARA CONSEGUIR SOREVIVER.

zenaide disse...

Oi Ivonete meu nome é Zenaide,perdi meu filho André Luiz a 26 dias num acidente de kart,ele tinha 25 anos,sinto muita saudades dele,agradeço a DEUS por ele ter me dado o previlégio de ser mãe do André pois ele foi e sempre sera meu filho abençoado, filho maravilhoso um anjo que Deus me deu, fico feliz por ter cuidado, amado,paparicado, de ter dito sempre que eu o amava e o quanto tinha orgulho dele, sinto e sei que meu filho amado esta junto de Jesus,não reclamo com DEUS por ter levado ele tão jovem, sei que DEUS quis ele do seu lado pois sua alma era agradavel a ELE, por isso Deus o levou para liberta-lo deste mundo.Agradeço a sementinha que ele nos deixou seu filho Enzo Augusto que esta com 11 meses é a cara de meu filho, o que eu gostaria de dizer é que sofro muito de saudades sinto muita vontade de beijar, abraçar e dizer o quanto eu o amo, mas faço isso em pensamento e mais digo para todos os pais que não deixem nunca de dizer o quanto amamos nossos filhos pois eles estão aqui conosco até o dia que jesus permitir. fique com Deus.. abraços Zenaide

Patricia disse...

Quantas mãezinhas com dor. Só nós sabemos o que é isso. Karinna, nã oé que seu pai tenha descaso, ele quer negar a realidade, porque a dor é muito profunda.
Deus abençoe a nós todas, ontem parece que tive até um delírio de tanta vontade de ver minha filha (a que está na foto), imaginei que ela estava ali e entrei na minha ilusão como se a abraçasse. Jesus nos dê força, nos dê força!

FABIANA disse...

PARA PATRICIA, ONTEM ENTREI NO BLOG EM QUE VOCÊ PRESTA HOMENAGEM A SUA FILHA, PENSEI: QUE MENINA LINDA!!! COMENTEI EM CASA COM MINHA MÂE, O QUANTO A SUA FILHA ERA LINDA.PERDI MEU PAI FAZEM 8 MESES E DIARIAMENTE, ENTRE NESTE BLOG, ME AJUDA A AMENIZAR A DOR QUE SINTO NA FALTA DELE, ELE ERA PARA MIM O MEU ALICERCE.ENFIM, O QUE EU TENHO PARA TE DIZER, É QUE SUA FILHA COM CERTEZA FOI ESCOLHIDA PARA SER MAIS UM ANJO NO CÉU, DIGO SEMPRE QUE NÃO TEMOS A CAPACIDADE DE ENTENDER QUAIS SÃO OS MISTÉRIOS DE DEUS, PQ QUANDO ELE LEVA PARA JUNTO DELE PESSOAS DAS QUAIS AMAMOS, SE VAI JUNTO UMA PARTE DE NÓS. AQUI SÓ NOS RESTA ACREDITAR NA IMENSIDÃO DO AMOR DE JESUS PARA CONOSCO, TEMOS QUE ACREDITAR NISSO SEMPRE, PARA NOS MANTERMOS FIRMES, O QUE COM CERTEZA NÃO É FÁCIL PARA NINGUÉM, QUE DEIXOU O SEU DEPOIMENTO AQUI.QUERO TE DIZER TAMBÉM QUE FIQUEI MUITO COMOVIDA COM TAMANHA SUA DOR EM SEUS DEPOIMENTOS. SOU PEQUENA DEMAIS, PARA PODER ALIVIAR SUA DOR, MAS DE QUALQUER FORMA QUERO TE DIZER QUE A NOSSA PASSAGEM AQUI NA TERRA É SIMPLESMENTE PARA A PREPARAÇÃO DO NOSSO ESPÍRITO, POR ISSO CREIA EM DEUS COM TODA IMENSIDÃO DO SEU CORAÇÃO, CREIA QUE SUA FILHA DA ONDE ELA ESTIVER ELA OLHA POR VOCÊ.A BIBLIA NOS DIZ QUE UM DIA TODOS NOS NOS ENCONTRAREMOS PARA VIVER A GRANDE FELICIDADE NA VIDA ETERNA. CREIA NISTO PATRICIA,AMANHÃ É DIA DE SANTA RITA DE CÁSSIA, NÃO SEI QUAL É A SUA RELIGIÃO, MAS VOU PEDIR EM ORAÇÃO PARA DEUS, CONSOLO PARA VOCÊ.FIQUE COM A PAZ DO ESPÍRITO SANTO!!!
ABRAÇOS.
PS: SE TIVER OPORTUNIDADE LEIA O LIVRO A CABANA.

Patricia disse...

Fabiana, tenha a certeza que seu pai, como todos os pais, quer te ver prosseguindo sempre, e guardando dele o carinho e tudo que aprendeu. Imagino também que seja muito doloroso aceitar a perda de um pai ou uma mãe. São eles que estão me ajudando, não sei o que seria de mim, porque fiquei muito doente, e a vontade deles que eu me mantivesse viva, ao menos por eles, como pediam, fez com que eu me esforçasse para sair do quarto escuro, voltar a comer e a trabalhar, ainda sou um ser humano sem muito sentido, o que descobri agora é que não quero vê-los novamente sentir dor tão grande, porque daí sim disseram que o coração deles não aguentaria mais. Sabe, antes do que aconteceu com minha filha, as pessoas mais próximas que eu tinha medo de perder eram meus avós, ele está para fazer 90 este ano e ela fez 87, lúcidos, moram sozinhos, independentes, com as próprias aposentadorias, têm atividades. Disseram que eram felizes por viver muito, mas essa felicidade acabou ao ver a vida tão inversa, a bisneta partir, que se fosse para ver isso, não queriam ter vivido tanto, meu vô chegou até a perguntar a Deus o porquê de não ter sido ele, que era a vez dele, eu disse-lhe: "Vô, eu também iria no lugar dela, minha mãe, meu irmão disse que iria..." e ela adorava o biso, beijava, abraçava, fazia cócegas (ele sente muita cócega), até tirei fotos deles assim. Eles estão com depressão, rezando muito, a vida deles mudou, a falta dela afetou toda a família. Meu tio, tia, primos, todos.
Saiba minha linda, sem minimizar nem por um segundo o que sente, pense que seu pai foi poupado do pior sofrimento do mundo e você, graças a Deus, está aí, continuando a vida, sendo parte dele. Eu quando me for, minha filha não estará mais aqui, é como se perdesse meu futuro, sabe? Eu queria estar no lugar do seu pai, se eu pudesse, ter ido antes dela, mas sei que os filhos não pensam isso, uma psicóloga disse, que para ela, eu ir antes seria horrível. Sim, eu sei, eu consigo te entender porque penso nos meus pais, mas olhe o que eles me disseram, que não suportariam se eu também fosse. Queriam ter ido em vez da Carol. Lembre disso, seria muita dor para seu pai o inverso.
Que Deus te console, seu pai continua, acho que falamos muito na palavra "perder", dizem ser errado, não perdemos, é uma separação temporária até o reencontro.
Muito obrigada pelo que disse da minha filha, muito carinho e força à sua mãezinha. Quanto à religião, cresci na religião católica e acredito muito nos santos, mas descobri mais sobre o Espiritismo, leio passagens batistas, budistas, enfim, onde está a palavra de Deus e a filosofia da continuidade eu busco.
Santa Rita de Cássia foi uma sofredora! Hoje descansa na glória do Pai, ainda ajudando a tantos.Agradeço-lhe muito e também pedirei por você e sua mãe. Desculpe se disse algo de errado, só quero te ajudar, fique com Deus e mais uma vez, muito, muito obrigada pelo que disse da minha Carol. Ah, li A CABANA, meu irmão trouxe para mim dois dias depois do que me aconteceu. Fique com Deus

Anônimo disse...

oi ivonete sou a ana mae de jonny entro aqui todas as vezes que sinto desespero pela saudades e vcs mim consolao esta semana tem sido cruel muito choro e saudades do meu anjo lindo que dor que angustia que falta sinto de vc filho da mamae prece enrreal que vc se foi filho amado beijos em todas as maes que sofrem como eu

Patricia disse...

Ivonete, seria muito bom você fundar um grupo de apoio...a Zelinda pode te explicar como, ela é uma pessoa muito querida...
Você tem o perfil ideal para isso.
Todas as mães precisam de ajuda,verem umas às outras, se ajudarem, desabafarem.
Fique com Deus.
Patricia
(Mais uma vez, obrigada por citar meu blog)

Postar um comentário