TRADUTOR DE IDIOMAS

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Leia agora o comentário mais recente do Blog Diário da Mãe de um Anjo.

sábado, 28 de maio de 2011

DEPOIMENTO DE FERNANDA SOBRE MEU LIVRO


Quando estou muito triste, com vontade de desistir de tudo, chega um depoimento tão lindo como este pelo orkut que deixarei registrado aqui, é a providência de Deus em minha vida, e é por este depoimento e por todos os comentários que recebo no blog diariamente que continuo a caminhar. Obrigada minhas amigas virtuais, sempre quando leio seus depoimentos, eu oro por cada um que passa por aqui.E é assim juntos,dividindo nossa dor que conseguimos carregar nossa cruz que é tão pesada. DEPOIMENTO DE FERNANDA RECEBIDO PELO ORKUT: Queria te dar os parabéns, mais na realidade só consigo te dizer "Muito Obrigada" . Perdi minha mãe a menos de 2 meses e com seu exemplo estou conseguindo forças p superar e poder ajudar meu Pai.Tenho um filho de 13 anos e faço idéia da dimensão de seu sofrimento . É tudo muito triste , não consigo me imaginar sem meu filho . E vc , nossa ....... como vc é forte . Transformar tanto sofrimento em amor , isso é coisa divina . Comprei seu livro no domingo e a cada página lida é mais emoção , pois vc consegue transmitir com muita realidade a criança maravilhosa que seu filho foi e continua sendo . Pois sabemos que ele continua agindo e ajudando todos que fizeram e fazem parte de sua vida . Forças Ivonete , quero um dia ter a oportunidade de te conhecer e te dar um abraço carinhoso . O Gabriel deixou p gente uma mulher/mãe maravilhosa , pois vc tem sido sim um pouqinho mãe de todos nós com suas palavras de conforto, principalmente p quem perdeu algum ente querido. Não foi á toa que DEUS encaminhou este anjo GABRIEL p ser seu filho aqui na terra . ELE o tempo todo sabia qual seria sua missão . Bjus !!!FERNANDA

Obrigada Fernanda por este depoimento e quero deixar registrado aqui 02 sites que vendem meu livro: Livraria Cultura e www.biblioteca24x7.com.br

10 comentários:

Anônimo disse...

Que lição de vida vc me deu, eu aqui chorando e chorando pelo meu filho Flávio Henrique que se foi aos 39 anos, no dia 05 de maio de 2011, me deixando dois netos..e vc que teve muito menos tempo com o seu anjo, nos dando esta força..obrigada querida e gostaria imensamente se posivel manter contato com vc...sobi@uol.com.br...orkut sonia carvalho..moro em Goiania/Goiás

valenttina disse...

Estou aqui para tentar desabafar um pouco, no momento estou chorando em cima do computador. Ha quase 04 meses meu bebe, Maria Eduarda, se foi, com quase 03 meses de vida, apos 43 dias na UTI, pois nasceu com cardiopatia congenita. Acabei de ver as fotos dela. E gostaria de estar mais conformada, mas nao estou, ainda doi muito e tenho duvidas de que algum dia esta dor diminuira. Parece sempre que falta um pedaco de mim. Apesar de ter outra filha, me sinto mutilada. Nunca perdi um parente proximo, e acabei perdendo minha filhinha. Lembro dos 38 dias que ela passou em casa, antes de adoecer e ser internada. Foi tao pouco tempo, sinto falta de beijar sua maozinha, de beija-la antes de coloca-la no berco como fazia todas as vezes. Ela era tao linda, minha bonequinha como a chamava, minha florzinha. Queria tanto nao sofrer assim, aceitar que Deus teve outros planos para ela. Na internet ja vi varios depoimentos de maes que lidam melhor que eu com a perda de um filho. So peco a Deus que me ajude. Um abraco a todos que perderam entes queridos e sabem examente do que estou falando.

Débora disse...

Olá querida Ivonete, entrei no seu blog e me emocionei muito com o que li aqui. Sou mãe de um lindo anjo chamado Vagner Júnior que se foi ainda bebê, e também do Bruno de 10 anos e da Maria Eduarda de 1 ano e 8 meses. Tenho tentado ser forte, mas sofro por tudo que meu filho não viveu ao loda dos irmãos, sofro por tudo que não pude ensinar a ele, sofro pq nunca vou ouvir ele dizer mamãe, sofro pq ele não teve a chance de viver nada de lindo aqui nesse mundo, infelizmente na sua breve vida, ele só conheceu a dor. Se passaram 3 meses e hoje eu também não sinto medo da morte, hoje vivo dividida entre o céu e a terra. Também perdi meu pai há 8 anos, a quem eu amava muito, um grande amigo e companheiro de todas as horas, mas confesso que perder um filho é uma dor que jamais gostaria de ter conhecido.

Já estou te seguindo e em breve comprarei o teu livro. Um grande beijo.

Anônimo disse...

deixa eu dizer mais uma vez que te amo muito,que sinto a maior dor que um ser humano pode senir que é perder um filho.Deixa eu te dizer que abro seu guarda-roupa e toca as suas roupas e ainda sinto seu cheiro,seu perfume.Deixa eu e dizer que vivo só por viver.Deixa eu gritar porque...porque?Deixa que eu sinta essa mensidão de vazio mesmo rodeada de pessoas.Deixa eu te dizer que o tempo não melhora nada,mas piora.Deixa eu terminar dizendo te amo e vou te amar até quando...

juc disse...

AH, AMIGOS, DIGO AMIGOS POIS COMPARTILHO A MESMA DOR. NESTE MOMENTO EM QUE LEIO OS SEUS DEPOIMENTOS EU SINTO A SUA DOR. SINTO POIS EU TBM PERDI MEU PRECIOSO FILHO AQUELE QUE ERA A CORDA DO MEU CORACAO. FAZ 5 ANOS ELE FALECEU DE CANCER AOS 13 ANOS. AINDA HOJE AO PASSAR O DEDO NA SUA FOTO EU SINTO A TEXTURA DA SUA PELE. A SOMBRANCELHAS GROSSAS E A PELE OLEOSA POR CAUSA DA ACNE.SINTO TANTA DOR... NESSE MOMENTO ME DEBULHO EM L[AGRIMA QUE MUITAS VEZES SUFOQUEI, QUANTO ESTAVA COM ELE NO HOSPITAL TINHA ABSOLUTA CERTEZA QUE DEUS IRIA CURA-LO... MAS O SENHOR 'N QUIZ FAZER A MINHA VONTADE. MAS MESMO ASSIM EU SEI QUE DEUS FEZ O MELHOR... SINTO TANTA SAUDADE QUE CHEGA A SER UMA DOR FISICA. TENHO CERTEZA POREM QUE ELE ESTA BEM GUARDADO E CREIO QUE O SENHOR ME DEU FOR;AS PARA SUPORTAR TANTA DOR.

Anônimo disse...

Esse mês completa um ano que começamos a nossa luta com Márcia. Diabética desde os 08 anos de idade, morreu em setembro do ano passado em decorrência de complicações da doença. Foram 63 dias no hospital, que luta!!! Só perdemos pra vontade de Deus. Hoje a saudade e o vazio me acompanha a todo instante, por ter perdido a minha grande e doce irmã, minha companheira e conselheira.
Sabemos que a nossa separação é temporária mas viver a dor dessa separação é muito grande... Portanto rogo a Deus que a estrelinha Márcia nunca páre de brilhar e que esse brilho ilumine a nossa caminhada que prossegue em um novo ciclo, sem a sua doce e forte presença. Que Deus nos abençõe e abençõe a todos que tem compartilhado conosco essa dor intensa que só Ele na sua infinita bondade pode amenizar. Fiquem em paz!!!

Anônimo disse...

Ao ler todos esses depoimentos choro muito...
Vai fazer tres meses que tenho um lindo anjo no céu , que apenas nasceu para viver 51 minutos nesse mundo. A dor da perda é enorme; vivo como se estivesse tendo um pesadelo ; e ao acordar é tudo real...
Mas eu , meu marido e minha filha seguimos confiantes em DEUS , que com certeza fez e irá sempre fazer o melhor pelo nosso anjo.
Rezamos todos dias por ele , para que ande ao lado do Salvador. E que DEUS na sua infinita bondade amenize a nossa dor , para que o nosso amado e tão querido filho descanse em paz.
Estamos confiantes que DEUS tem um propósito na vida de todos nós , e só nos dar as cruzes que somos capazes de carregar. E é nessa fé em Cristo Jesus que vamos vencendo a dor de não termos tido oportunidade de conviver com o nosso lindo bebe...
Que Deus possa dar a nós e a todas as pessoas que perderam seus filhos queridos , o conforto e a esperança de vida. Amém.

Anônimo disse...

oi ivonete aqui é a hermelinda,não sei se vc se lembra de mim ,sou a mãe do gabryel q faleceu dia 23 de dezembro de 2010,vai fazer 6 meses mais ainda não consegui superar a dor,tem horas q a dor parece fisica q poderia pega-la mão,sinto tanta falta do sorriso dele,do abraço,do beijo,da sua voz me chamando,não sei se conseguirei algum dia sorrir novamente,pra completar meu marido esta com hernia de disco,talvez seja necessario operar,mas rogo a DEUS q não seja preciso,estou buscando forças mais esta muito dificil,vivo na esperança de um dia reencontra-lo e nunca mais me separar dele,por isso busco a DEUS em todo momento pra merecer estar um dia com o biel na graça para sempre,quando o senhor quizer,pesso as mães q estão passando neste momento por esta dor que tenham fé no Senhor Jesus só ele pode nos da o consolo,bjs

ivinha disse...

Amanhã faz um mês que perdi meu bebê. Descobri que ele tava morto já no parto. Vivi meses na expectativa de ouvir seu chorinho...que se calou. Daria minha vida pra que ele pudesse viver. Tenho muita saudade.

Unknown disse...

tem 1 ano, 7 meses e 4 dias que meu anjinho se foi... não consigo me recuperar dessa dor.. ela se foi ainda quando eu estava gestante com quase 6 meses de gestação... sou muito nova mais meu sonho era ter essa criança.. meu anjinho...hj eu vivo chorando pelos cantos, lamentando não poder tê-la ajudado..me senti inutil...queria tanto que ela crescesse, queria ouvir seu chorinho, pegar nas suas maozinhas, sentir seu toque de carinho, ensinar ela a falar a andar, ouvir suas risadinhas e me chamar de mamae... eu amo muito ela..sinto muito a sua falta!!
e eu só não compreendo pq ela se foi.. ela não tinha culpa de nada.. era inocente e sempre vai estar aki no meu coraçao de mãe...
seu nome ia ser LÍVEA YASMIN...
meu anjinho...

Postar um comentário