TRADUTOR DE IDIOMAS

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Leia agora o comentário mais recente do Blog Diário da Mãe de um Anjo.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

MINHA VIDA MUDOU COMPLETAMENTE- ME SEPAREI

Amigos, como este blog é um diário que faço de minha vida, não poderia deixar de contar que agora estou separada, não falarei dos motivos, acho antiético e falta de respeito com as pessoas que estiveram em minha vida por tanto tempo. Fui casada 17 anos e quero deixar registrado aqui o meu agradecimento a esta família que passou por minha vida, me dedicando amor e carinho por tanto tempo. Em uma separação a culpa nunca é de apenas um, e agora entrei no índice de pais que se separam logo após a morte de um filho, mas meu filho não tem nada a ver com isto, pelo contrário, me orgulho do pai que ele teve, um pai presente e que cuidou muito bem dele e o amou intensamente enquanto ele esteve vivo. Para as mulheres separadas por um motivo ou outro, quero deixar uma mensagem: Seja qual for o motivo, nossa vida é um espelho e tudo o que desejamos aos outros, volta para nós, então, devemos desejar que eles sejam felizes, mas desejar com sinceridade, e eu desejo isto para todos desta família que esteve comigo em momentos bons e ruíns. Eles são pessoas muito boas e de grande valor, portanto para mim a vida é como numa mensagem que eu li: A vida é como um livro, depois que terminamos um capítulo, nós precisamos virar a página, para iniciar o próximo. Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final, por que tudo não passa disso, etapas. São momentos bons, assim como serão ruins, coisas que você prefere esquecer, e outras que vão ficar pra sempre na sua memória, como o primeiro amor, o primeiro beijo ou até mesmo a primeira vez que você sofreu por amor. Cada minuto que eu passei aqui, eu sei que não foi em vão, eu conheci pessoas das quais eu nunca vou esquecer, aprendi coisas que eu vou levar pra vida toda, eu cresci e amadureci. Na Índia, são ensinadas as “quatro leis da espiritualidade”: A primeira diz: “A pessoa que vem é a pessoa certa” Ninguém entra em nossas vidas por acaso. Todas as pessoas ao nosso redor, interagindo com a gente, têm algo para nos fazer aprender e avançar em cada situação. A segunda lei diz: “Aconteceu a única coisa que poderia ter acontecido” Nada, absolutamente nada do que acontece em nossas vidas poderia ter sido de outra forma. Mesmo o menor detalhe. Não há nenhum “se eu tivesse feito tal coisa…” ou “aconteceu que um outro…”. Não! O que aconteceu foi tudo o que poderia ter acontecido, e foi para aprendermos a lição e seguirmos em frente. A terceira diz: ”Toda vez que você iniciar, é o momento certo” Tudo começa na hora certa, nem antes, nem depois. Quando estamos prontos para algo novo em nossas vidas, é que as coisas acontecem. E a quarta e última afirma: “Quando algo termina, ele TERMINA” Simplesmente assim. Se algo acabou em nossas vidas é para a nossa evolução. Por isso, é melhor sair, ir em frente, se enriquecer com a experiência e se abrir para novas vivências. Minha vida mudou, o livro virou a página, é um momento delicado e difícil, mas é preciso, orem por mim meus amigos que me acompanham a tanto tempo e no meio de tanta tristeza ainda acontecem coisas boas como no lugar que estou morando agora que é com meu irmão e cunhada, uma senhora chegou para mim quando eu estava passeando com meus 02 cachorrinhos e me disse: Eu conheço você de algum lugar, você não é a mãe do Anjo? Aí eu disse que era, e ela veio e me abraçou e chorou e disse que tinha vontade de me abraçar , pois seguia meu blog a muito tempo. São pequenas coisas na vida que acontecem que devemos dar valor, um dia eu irei embora desta terra e todos os meus registros ficarão para sempre neste blog, e sei que alguém no momento certo, poderá ler e ser de grande ajuda para esta pessoa, nada em nossa vida acontece por acaso. Mais ainda, estou no colo de Jesus e é ele que me carrega todos os dias, o que será de minha vida de agora em diante, apenas Ele sabe, mas quero dizer: Eu Lhe amo meu Jesus querido, obrigada por tudo em minha vida, sei que o Senhor e meu anjo querido continuarão a me dar forças e coragem para caminhar todos os dias nesta terra, até o momento de minha morte.

9 comentários:

CECYLIA - BLOG PERDI MEU BEBE disse...

Oi Ivonete, nem sempre é fácil entender o que leva um casal a se separar depois de tanto tempo juntos, mas com certeza a ausência do Gabriel com certeza acelerou o processo. Quando temos nossos filhos ao nosso lado pensamos 2, 3 vezes antes de tomar qualquer decisão e muitas vezes vamos adiando o inevitável em função dos filhos. Desejo a você nesta jornada boa sorte e que Deus possa confortá-la assim como Ele tem me confortado a cada dia.
De sua amiga Cecylia

Eliane disse...

Olá Ivonete poxa eu não tenho nem palavras para expressar a admiração que eu tenho por você, mesmo passando por momentos tão cruéis, você ainda tem palavras sábias e discernimento para dar apoio às pessoas que estão ou já passaram por isso, e ainda louva a Deus. Você é muito bacana, eu acredito que você também é um anjo, que Deus usa para levar mensagem de conforto a tantas pessoas que sofrem por algum tipo de perda. Muito lindo o seu caráter, queria ter pelo menos 1/3 da força e da coragem que você tem. Como eu já escrevi nesse blog que eu perdi minha mãe num acidente e a primeira coisa que eu fiz foi duvidar da existência de Deus, fiquei questinando por que Ele não a protegeu já que ela era Sua serva, não tive fé o suficiente para louvar a ele em todas as circuntancias, como você tem. Assisti ao filme que você indicou, "Desafiando Gigantes" amei o filme, chorei muito, pois depois que perdi minha mãe choro por tudo, além do que o filme é muito emocionante, lembrei muito de você principalmente no trecho que o ator diz assim: "Se ganhamos ou se perdemos, temos que honrar e louvar a Deus". Porque pelo seu blog observo que você é uma pessoa muito fé como minha mãe era. Faz 3 meses que ela se foi e esse mês tá muito dificil para mim, acho que tive uma recaída, sinto muita saudades dela, logo dia 09/08 ela iria completar 61 anos. Ivonete ore por mim, preciso muito de um caminho, de dar continuidade a minha vida, mas não estou conseguindo, quando penso que estou me levantando vem uma recaída e me tira o chão.
Muito obrigada por esse blog é aqui que encontro forças!!!!!!!Beijos e tudo de bom!!!!!1
Amiga Eliane

Rosimeire Mãe do Bruno disse...

olá querida ivonete, e´muito triste não tenho nem palavras,sabe depois qwue meu filho partiu,tambem fiquei meia perdida tem dia que acho que não dou a atenção devida para meu marido e meus filhos,fiquei sem vontade de sair, de sorrir não consigo ficar muito perto de barulho, mas acho que tudo isso inplica tambem em nossas convivencias,dia 8 vai fazer 1 ano,mas o que tenho a te dizer se precisar de mim para desabafar pode contar comigo amiga é para ajudar e dar forças, mas fica em paz Deus sabe o que faz não é. nossos anjos vai nos ajudar a superar qualquer obstáculo seja forte que Deus está contigo um grande beijo e fika com Deus.....

Ana Carolina disse...

Força! Vc é uma guerreira e passará por mais essa firme tb.

Fica com Deus.
Beijos.

andrea silva disse...

concerteza vc vencerá esta batalha,IVONETE,depois uma grande e dolorosa perda ,acredito´que éinevitável um desgaste no casmento,bjs.

Aline disse...

Olá, Ivonete, é realmente difícil para um casal continuar depois da perda de um filho. Especialmente se já existiam problemas antes da perda. O casal muitas vezes mantém um casamento que já estava desgastado para preservar os filhos, e a perda ou une o casal novamente ou faz com que se separem. Sei que deve ter se esforçado muito por essa união, você demonstra isso quando fala com carinho da família do seu marido. Que Deus continue te dando forças para vencer mais essa etapa de sua vida, e se precisar de uma amiga, saiba que terá meu carinho sempre.
Abraços, e fique com Deus!

André gomes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
André gomes disse...

Oi Ivonete meu nome é André Almeida e alguns dias atrás eu tive a oportunidade de ler o seu livro eu me emocionei muito o seu filho é um verdadeiro anjo.O seu anjinho sempre fou um anjo na terra e hj ele está do lado de Deus levando as preçes de cada um de nós,todos os dias eu rezo para o seu anjinho e por vc tambem para que consiga forças para viver sem ele.

Izis Marry e Luiz Rocha disse...

Oi ivonete, encontrei seu blog e apos ler senti algum conforto sabendo de toda sua historia e sofrimento. Bom vou contar um pouco da minha vida... Apos uma uniao instavel de sete longos anos com um homem que me agredia fisicamente e vivia as minhas custas resolvi denuncia lo depois de quase ser morta. Independente e com um filho de doze anos resolvi começar de novo ao lado de uma pessoa maravilhosa totalmente ao contrario daquele que morava comigo. Foi ai que tudo começou a desmoronar em minha vida... perdi tudo que tinha em uma inchente, perdi emprego em um hospital onde ocupava um cargo de chefia e ganhava razoavelmente bem,tinha uma lanchonete dentro do mesmo hospital e me desdobrava entre os dois serviços mais tinha meus funcionarios e deixava minha mae na lanchonete pois so podia ir pra la quando nao estava no horario do outro emprego consegui abrir sozinha e com muito sacrificio... apos cinco anos pediram para eu desocupar o espaço onde a lanchonete funcionava para funcionar ali uma sala de exames enfim estou na justiça tentando ser ressarcida de tudo que investi.. nesse periodo durmiamos eu, meu filho, e meu Luiz no chao da sala da casa de minha mae que nos acolheu nao tinhamos nada somente algumas peças de roupa, em meio a tantas noticias ruins uma que me encheu de alegria apos longos anos na esperança de engravidar fiquei gravidona aos 38 anos de um homem maravilhoso, nao podia ter sido com alguem melhor, sei que nao chegara em um momento muito bom, tranquilo, mais era muito, muito bem vindo nessa familia...aos sete meses meu marido ficou desempregado e sendo obrigado a ir para outra cidade a procura de serviço, ao completar oito meses meu medico me avisou que deveria marcar a cesaria para o dia 02 de Abril devido a minha pressao alta. Meu marido veio as pressas largou tudo emprego que recem havia conseguido para ficar ao meu lado na hora da cesaria... meu filho nasceu as 0935hrs com problemas respiratorios e as 06hrs meu filho faleceu. Meu marido coitado lutou com ele a noite toda e sem poder compartilhar nada comigo devido a preocupaçao com minha pressao. So consegui pegar meu filho nos braços quando ele ja estava geladinho, meu lindo anjinho Lorenzo Miguel tao branquinho que parecia neve, olhinhos azul bolita, bochechudo um anjo de verdade.. amiga imaginem a minha dor. Dor por nao ter podido estar ao lado dele quando ele precisava da mae,sentir o contato com ele ainda vivo, de achar que poderia ter feito mais por ele tudo isso me deixa deprimida... hoje me sinto perdida, ainda sem rumo certo,meu marido tem tido muita paciencia comigo mais sinto que as vezes nos afastamos...nos magoamos com algumas palavras ditas na hora errada, sinto que estamos com pouca paciencia as vezes um com outro nao sei se e a dor , a raiva, mais nao quero que este sentimento acabe nos cegando e nos fazendo caminhar para um final... sei que nos amamos e apesar de toda dor espero que Deus me ilumine para que eu saiba contornar essa situaçao e manter minha familia unida.

Postar um comentário