TRADUTOR DE IDIOMAS

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Leia agora o comentário mais recente do Blog Diário da Mãe de um Anjo.

domingo, 12 de abril de 2009

MENSAGEM DO NOSSO ANJO GABRIEL E DE SUA MÃE IVONETE



ANJO GABRIEL:- Amiguinhos, obrigado por tudo que vocês representaram em minha vida, não chorem por mim, hoje estou feliz ao lado de meus avós e no colo da minha mãe do céu, onde ela, a todo momento, me faz carinhos e me dá muitos beijinhos. Estou brincando demais com os anjinhos e até já montamos nosso time de futebol, onde claro, eu faço muito gols, como sempre. Meus amigos, nunca esqueçam de respeitar seus pais e professores, sejam amiguinhos solidários de todos, tentando ajudar os outros amigos com seus problemas, nunca queiram ser melhores do que os outros e tenham muita humildade, não mintam, se dediquem com amor aos seus estudos e façam todos os deveres direitinho, não gritem com seus pais, eles são as pessoas que mais amam vocês, joguem muita bola por mim e me guardem no coração de vocês por toda a vida, lembrando de todos os momentos bons que passamos juntos. Agradeço muito ao único colégio onde estudei: Colégio Nossa Senhora de Lourdes, eu sempre adorei estar aí, agradecer aos meus amigos da seleção onde minha maior alegria era vestir aquela camisa de futebol e ir jogar na seleção, agradecer as pessoas responsáveis pela minha primeira comunhão, hoje sou um anjo brilhando no céu e olhando por todos vocês, hoje sou o anjo Gabriel e estou nos braços da minha mãe do céu.

MÃE IVONETE:- Esta mãe sofredora, mas firme na fé, quer falar para os pais: amem seus filhos a cada minuto, respeitem seus filhos, saibam o que eles gostam, seus sonhos, beijem mais, abracem mais, conheçam os professores dos seus filhos, os amigos da sala de aula, vibrem por cada conquista que seu filho conquistou, olhem seus caderninhos, ajudem nos deveres, leiam histórias juntos, tenham tempo para passear com seus filhos, brincar no parque, ir ao cinema, lancharem juntos. Vocês ainda continuarão buscando seus filhos na escola, vendo-os descerem correndo das escadas fazendo o maior barulho arrastando suas mochilas e pedindo todo dia para comprar bombom no vendedor de bombons do colégio. Todo dia vocês terão seus filhos perguntando: o que tem pra comer hoje? E depois da comida ainda tendo alguém para brigar para escovar os dentes e tomar banho e quando sair do banheiro continua a briga porque verão que eles apenas jogaram água nos cabelos dizendo que tomaram banho. Façam destes, momentos inesquecíveis, perguntem sempre como foi seu dia, curtam muito seus filhos para quando eles se forem para não se arrependerem de quererem ter feito coisas com seus filhos que não fizeram. Eu fiz tudo que podia fazer com meu filho, não me arrependi de nada, curti cada momento, cada brincadeira, cada festinha de aniversário que comemoramos todos os anos, dormimos juntos todas as noites nestes 12 anos que ele viveu, e todas as noites e todas as manhãs ele teve minha benção. Meu filho também me deu uma lição: eu tinha medo da morte, agora não tenho mais, pois vou preparar meu espírito para ser uma pessoa cada vez melhor para com certeza encontrar meu filho na morada celestial onde nos beijaremos e nos encontraremos novamente, ele me ensinou o quanto foi maravilhoso ser mãe, entregar meu amor todos os dias para uma pessoa tão especial quanto foi meu filho, e que ele aprendeu meus ensinamentos de ser uma pessoa humilde, querido por todos. Ele tinha um sorriso para todos os amigos que o procuravam e aprendeu a ter muitos amigos humildes, e nunca fazer diferença entre ninguém, eu não conseguia entender alguns mistérios que Deus tinha reservado em minha vida como quando eu fiquei tão feliz em estar grávida porque iria dar um neto para meu grande amor que era minha mãe, e com 02 meses de gravidez Deus levou minha mãe e vinte dias depois meu sogro que também eu amava demais. Hoje entendo que ele estava preparando estas pessoas no céu para receber meu filho de braços abertos, também consigo entender o câncer que tive quando meu filho tinha 05 anos e por causa disto me aposentei e tive 04 anos para viver intensamente ao lado de meu filho. Neste período participei ativamente de sua vida , porque nunca senti vontade de me ausentar do lado dele para cuidar de minha vida pessoal ou para fazer faculdade ou para abrir um negócio, não, eu queria curtir meu filho como se adivinhasse que eu apenas iria ter meu filho por tão pouco tempo, tivemos momentos inesquecíveis juntos. Depois veio a dor repentina de cabeça do meu querido filho, tão rápida, e no outro dia o internamento e no outro dia o coma. Meu Deus! não tivemos tempo nem para pensar, mas o que Deus queria era que ele não sofresse e que tivesse uma vida normal e feliz nestes 12 anos. Era um tumor silencioso que nunca mostrou um sinal de vida, e o coma rápido, sem dor, 04 dias de coma, Deus estava preparando nossos corações para agüentar tanta dor, nos momentos de coma, todas as vezes nas visitas na UTI sempre falávamos coisas de amor em seu ouvido, mas nos dois primeiros dias eu estava orando errado, pedia como uma mãe desesperada que meu filho voltasse de qualquer jeito porque eu precisava dele para continuar a viver, depois eu percebi que estava sendo egoísta e talvez isto não era o que iria faze-lo feliz. Então, no quarto dia de coma, pela manhã, depois de ter entrado na UTI a meia noite no dia anterior e ter passado mais um lençinho ungido em seu corpo entre tantos que já tínhamos, quando entrei naquela manhã de sexta –feira , 27 de Março , coloquei em sua mãozinha uma imagem bem pequena de Nossa Senhora de Nazaré, fechei ela em sua mão e disse: “Mãe , em teu colo eu entrego meu filho, se ele for mais feliz ao seu lado , pode levar meu filho , coloque no seu colo, beije, abrace, faça muitos carinhos em meu bebê, e depois virando para ele em seu ouvido eu disse: meu anjo, meu amor, se você quiser ir, não fique preocupado comigo, a mamãe vai ficar bem, vou esperar o momento de te encontrar, faça uma passagem feliz, vá encontrar a vovó e o vovô, vai meu filho, mas se você quiser voltar, peça para Jesus que estaremos aqui a te receber de braços abertos, que se faça a sua vontade e de nossa mãezinha do céu, mamãe te ama e te amará pelo resto da minha vida e vou tentar fazer da minha dor uma mensagem de amor para as pessoas que irão ficar aqui, vai em paz meu amor!” E assim uma hora depois ele se foi, eu entreguei o meu maior tesouro nas mãos do Senhor, ele se foi , Meu Deus! como conseguir viver sem ele? como pensei na dor de Maria quando viu toda a dor que seu filho Jesus Cristo passou na cruz, Deus, você me ensinou a amar intensamente meu filho, mas me ensina como aprender a viver sem ele, a suportar a saudade. Para finalizar, quero agradecer a todas as pessoas que me confortaram neste momento de dor, agradecer ao meu esposo Pedro por ter me dado um filho tão especial e por ter sido este pai maravilhoso, que não media esforços para fazer nosso filho feliz, que nunca nestes doze anos de vida, deixou o filho para sair para um bar beber ou procurar mulheres fora de casa, um pai exemplar, que no primeiro espirro já corria com o remedinho, que separava coisas da comida dele que ele não gostava, que jogavam bola juntos, sim, este pai foi maravilhoso. Quero agradecer minha sogra que quando ele dizia que estava com vontade de comer brigadeiro, 05 minutos depois o prato já estava pronto, que fazia os bolos mais gostosos de brigadeiro que ele queria, agradecer meu sobrinho Maurício que foi um irmão nestes 12 anos, agradecer minha irmã madrinha que o tratava como um bebê, e meus irmãos que brincavam tanto com ele, jogavam muito vídeo-game e se divertiam a valer, meu pai que foi um avô que ele era apaixonado, agradecer as amigas incansáveis que ficaram ao meu lado nestes dias tão dolorosos do coma, todas orando juntas, segurando em minha mão, se preocupando com minha saúde, que me deram o ombro para chorar, incansáveis de verdade. Obrigada por todas as mensagens que recebi no celular, na internet, nos e-mails, todos que me telefonaram de longe, muitas orações de todos os lugares do Brasil, de todas as religiões e doutrinas diferentes, de todos que no enterro de meu filho eu senti a mão amiga a me tocar, o olhar sofrido de mãe e pai a me olhar e dizer apenas em um olhar o quanto estavam sofrendo junto comigo por imaginar que poderiam ser seus filhos. Agradecer a minha amiga que foi minhas mãos, ouvidos, boca, pés dentro daquela UTI, Jaciléa, grande amiga, levando tudo que recebemos para passar em meu filho, pílula do Frei Galvão, lençinhos ungidos, santinhos, terçinhos, água benta de todos os lugares, obrigada amiga porque muitas vezes eu soube que você chorava ao lado dele sem ninguém saber, e quando eu olhava para você eu sabia que você trazia notícias dele para mim e foi você que me disse que ele partiu, muito obrigada por tudo. Tem tanta gente que eu teria que agradecer, tantas crianças orando, fazendo correntes, pessoas que me deram orações, livros, imagens, que pegaram roupas do meu filho para serem abençoadas, não tenho mais palavras para agradecer a todas as pessoas que compartilharam comigo desta dor neste momento e até os parentes de longe que sofreram juntos, eu sei da dor de vocês que não puderam estar comigo neste momento. Não tenho mais o que dizer... me faltam as palavras, mais uma vez a dor chega e me isolo para sofrer sozinha, sentindo a dor de uma mãe que perde seu único filho, que tinha tantos planos para ele, que foi preparado para ter um futuro brilhante, ele queria ser arquiteto e iria começar a paquerar, não vou ver meu filho nem completar 13 anos mas quero agradecer mais uma vez a você meu filhinho por todo amor, hoje eu entendo que foi uma honra para mim Deus ter me escolhido entre milhões de mulheres para ser mãe de um verdadeiro anjo na terra, que você, um anjo verdadeiro nasceu na nossa casa, do meu ventre, ser mãe de um anjo não é para qualquer mulher, você será eternamente lembrado por todos aqui na terra porque você plantou neste pouco tempo de vida uma grande semente de amor, de amizade, de carinho, de respeito para com todos, obrigada meu amor, meu anjo, minha vida, muito obrigada.

Com amor e saudades eternas

Mãe Ivonete

video

16 comentários:

Anônimo disse...

NÃO A CONHEÇO, ESTAVA A PROCURA DE UMA MENSAGEM PARA MINHA FILHINHA QUE FALASE DE ANJO E ENTREI NA SUA PAGINA. MESMO SEM SABER QUE PODE SER SENTI NO FUNDO DO MEU CORAÇão SUA DOR, AFINAL TAMBEM TENHO FILHOS, MAS ME IMPRESSIONEI COM SUA FORÇA. QUE DEUS A ABENÇÕE E A CONFORTE. UM ABRAÇO

Anônimo disse...

OI IVONETE, FOLHEANDO O JORNAL COISA QUE NÃO COSTUMO FAZER MEUS OLHOS FIXARAM-SE NA SUA MENSAGM COMO SE HOUVESSE UM IMÃ, NESTE DIA PROCURAVA ALGO QUE ME FIZESSE ENTENDER QUE A VIDA CONTINUA APESAR DAS PERDAS DA RAZÃO DE NOSSAS VIDAS, NÃO CONHEÇO VOÇÊ E AINDA NÃO SOU MÃE,MAS TE AGRADEÇO POR TER ME DADO A FORÇA QUE TANTO BUSCAVA NAS PESSOAS, NOS LUGARAES E EM MIN MESMA E NÃO ENCONTRAVA, QUE O PAI CELESTIAL, NOSSA SENHORA E O ANJO GABRIEL ABENÇOE SEMPRE VOÇÊ.

Anônimo disse...

Companheira da dor,também perdi,não devolvi o meu filho de 35 anos a deus,também com um cancer que o fez sofrer ou depurar-se por quase um ano.Jamais calculei que tinha como filho um verdadeiro guerreiro, sem reclamar,sempre com um sorriso e um doce olhar.A saudade é grande ,o coração per vezes aperta tanto que parece que vai explodir,mas, de uma coisa eu tenho certeza que ele continua vivo com seu espirito eterno ,ele apenas est´´a do outro lado da ponte e sempre que a o dor machuca em pensamento vou ao encontro dele, e peço sempre a Maria nosso mãe que faça por ele tudo que eu gostaria de fazer e m é impossível.Ter fé, acreditar em Deus é o que me dá força, ter amigos também.
Um amigo do meu filho Eduardo deixou uma mensagem que dizia ö guerreiro tombou¨não é verdade OGuerreiro virou anjo criou asas e voou. Hoje dia 11 ,completa dois meses da sua partida . A vç que não conheço força é fé e ao seu filhinho ,sustençao, amparo e todo proteção do plano espititual.

Anônimo disse...

Isso que é amorde um filho

Anônimo disse...

estou aqui lendo e lendo...isolada, trancada no meu quarto sentindo essa dor, sem ânimo pra nada, me isolo porque não quero passar para as pessoas a tristeza q tenho comigo e que só eu sei. Estou passando por tudo isso, leio e vejo q tudo q passo você também passou do mesmo jeito...ou passa...Admiro muito vc. Perdi minha única filha e um mês depois meu marido me deixou. Fica com Deus!

Adelaide disse...

Querida mãe ... Estava navegando na internet e me deparei com seu BLOG ... Estou em lágrimas. Sou mãe de um rapazinho de 17 anos e me sensibilizei muito com sua história. Lindos os conselhos que vc dá aos pais e mães. Realmente EU VIVO todos os momentos de meu filho, também GABRIEL. Somos confidentes um do outro e tem sido assim nesses 17 anos. Creio que toda essa sua força foi dada pelo Espírito Santo de Deus. Naquela UTI você liberou seu filho e fostes revestida de uma linda armadura que te faz caminhar lado-a-lado com a saudade. Tenha forças SIM. Você talvez nem tenha consciência, mas esse BLOG certamente está e estará confortando a muuuitas mães. Deus te abençõe rica e poderosamente. Amo vc, amo sua força. (tentei entrar em seu orkut, porém ele é trancado né? ... o meu é ADELAIDE RÔLO) ... Grd bj ... SHALOM ...

Rose disse...

Ola, ontem estava desesperada quando minha irmã ligou para minha filha e me disse desta linda mensagem do Gabriel. Eu a li e chorei muito me deu forças pois estou vivendo uma dor terreivel pois perdi meu Antonio Gabriel de 1 ano 8 oito meses,tem 7 mesesa as vezes a dor parece insuportavel, preciso me apegar em algo pois perdi a fé. se puder falar comigo meu email é rosianeambrosio@gmail.com obrigada

Forças pra vcss

Anônimo disse...

oi Ivonete admiro a sua coragem de contar e reviver toda sua história e compartilhar com outrs pessoas. perdi minha filha com 24anos a 11 meses e não me sinto preparada para falar dela como vc o faz parabens!
fique na paz do senhor
néia

Ella Beauty disse...

Olá Ivonete, confesso que me emocionei ao ler sua história! Vc é mto forte mulher! Parabéns pela mulher que és!

Um super beijo

*----*

Ruth disse...

oi Ivonete, eu fiquei super emocionada em ler as mensagens do seu anjo Gabriel que hoje concidero meu anjo da garda, confio muito em Deus e na proteção dele. parabéns pelo trabalho que esta fazendo. Que Deus lhe proteja na sua jornada. Você é maravilhosa!! Beijos!!!!

gisele fereira disse...

oi ivonete, fiquei muito emocionada com a tua mensagen, tambem perdi minha filha de 17 anos,faz 3 meses e a dor é muito grande. bjs

vivian disse...

Oi Ivonete,vi seu blog no blog da lara tulipinha,o primeiro q encontrei,quando meu filho nasceu,com uma sindrome rara(cornelia de lange)hoje com 1 ano e 2 meses esta bem,mas ficou 2 meses internado quando nasceu.Meu Deus q forca senti em voce,chorei ao ler sua historia ao lado do seu filho,pois chorava assim com meu filho na uti,como Deus nos da forca numa horas dessa,mas saiba q nada na vida acontece por acaso,e nao deixe de escrever aqui,sera de grande valia,para pesssoas q nao sabem a quem recorrer em tais momentos.beijos.Meu orkut viviancristina1@bol.com.br

Renata Azevedo disse...

Que guerreira vc é...Seu filho tem muito orgulho de vc!Obrigado por confortar os corações das pessoas!Não te conheço mais adimiro muito...Hoje dia 16/06/11 perdi um amigo que é um Heroi pois lutou 7 meses contra o cançer e hoje Papai do ceu o levou...+ uma vez agradeço!

Um grande abraço Renata Azevedo
renatachina@hotmail.com

Anônimo disse...

Oi Ivonete, que coisa né eu entrei no google para pedir uma mensagem de conforto para uma amiga que em julho de 2010 perdeu a mãe e no final de agosto o pai. Ela se encontra inconfomada, mas Deus dá o frio conforme o cobertor, assim como vc eu tbm tenho um anjo Gabriel ele tem 11 anos e nasceu no dia dos anjos 29/09/1999.
Imagino a sua dor, desejo de coração que Deus na sua infinita bondade te ilumine e te oriente muito.
Um beijo grande, fica na paz.
Meu nome é Maria Luzia meu gmail é luziacapozzoly@gmail.com

Paula disse...

Oi Ivonete fiquei muito emocionada em ler seus depoimentos... Sei que não é fácil superar. Mas tenho certeza que Deus e o nosso anjo Gabreil tem visto suas lágrimas e sabe do que você precisa, e com certeza ele te dará o consolo necessário para que você possa continuar, e não desisti de seus sonhos. Fica com Deus se cuida força sempre amore!

Anônimo disse...

Olá Ivonete,procurava por uma autora sitada no livro "Voltar a viver" e de alguma maneira cheguei ao seu blog. Perdi meu irmão recentemente, vitima de um cancer, e não tenho conseguido lidar com essa perda. Li o seu texto inicial aos prantos e ainda agora, continuo escrevendo essas poucas palavras, chorando muito. Meu irmão tinha 53 anos, casado pai de filhas e tinha um neto. Ele simplesmente foi muito querido por todos era uma pessoa iluminada, assim como seu anjo Gabriel.
Sei que Deus tem para cada ser um propósito e acredito que a missão do seu anjo e do meu com certeza é continuar a nos iluminar até que chegue a nossa hora.
Desculpe o meu desabafo, mas faz apenas 3 meses da perda de meu irmão e eu ainda me sinto fragilizado.
Agradeço ter encontrado seu blog e ter lido suas palavras de tanta força e gratidão, espero me fortalecer em sua experiência.

Um abraço e continue firme e forte.
Marco Antonio - SP/SP
macunico@hotmail.com

Postar um comentário